ATENDIMENTO: SEG. A SEX. DAS 8H ÀS 22H | SÁB. DAS 9H ÀS 18H

Não! Cachorro não pode comer Chocolate!

chocolate

Comer chocolate é totalmente proibido para o cachorro e muitas pessoas desinformadas adoram dividir suas guloseimas com os seus cachorros sem ter a menor ideia de que estão causando um incrível mal para seus amigos.

Cachorros são como crianças pequenas e sempre acabam comendo coisas que não deveriam, principalmente se elas forem deixadas ao seu alcance. E o chocolate é uma delas. Não é nada incomum cachorros acabarem encontrando pequenos pedaços de chocolate perdidos no sofá ou esquecidos sobre uma mesa que ele consiga acessar, pois eles tem um senso de olfato apuradíssimo e o aromado chocolate é incrivelmente convidativo, além de ser extremamente palatável.

No entanto é muito importante que todos que convivem com o seu cachorro compreendam que o chocolate é um veneno e as consequências de sua ingestão são bastante dramáticas e perigosas para nossos peludos.

O chocolate é feito a partir das sementes torradas de Theobroma Cacau e em sua composição encontramos a substância metilxantina (teobromina e cafeína), que contém propriedades que são tóxicas para os animais, ou seja, se estes dois ingredientes forem ingeridos pelo cachorro, irão levá-lo a ter várias complicações médicas que podem até mesmo revelar-se fatais para o seu cão .

 

Quais são os componentes do chocolate que fazem mal para os cachorros?

 

A teobromina –

Varia de chocolate para chocolate, quanto mais puro ou seja mais cacau, maior o nível da substância e consequentemente, mais tóxico para cachorros. O efeito tóxico também é acumulativo, ou seja não é necessário que o cachorro coma o chocolate de uma única vez, pois o componente tóxico permanece no organismo por até seis dias. Portanto se o cachorro ingerir chocolate em dias consecutivos também estará sujeito a intoxicação.

Se um cachorro ingerir entre 100 e 150 mg de chocolate com alto teor de teobromina por kg de seu peso, provavelmente a ingestão deste chocolate terá apenas um efeito tóxico sobre o ele, no entanto a margem entre a toxicidade e a dose letal é bastante pequena.

Se um cachorro ingerir entre 250 e 500 mg de chocolate com alto teor de teobromina por kg de seu peso, isso já poderá ser uma dose fatal. É melhor não arriscar, não acha?

O chocolate branco tem muito menos teobromina em sua composição, mas mesmo assim é perigoso incentivar o cachorro a comer qualquer tipo de chocolate.

A teobromina demora bastante para ser eliminada do organismo, algo em torno de 5-6 dias, isso ocorre pois ela é expelida do organismo do cachorro através do fígado e não via renal.

 

Os sintomas da ingestão do chocolate causados pela teobromina são:

  • hipertensão moderada
  • excitação, arritmias
  • tremores
  • diminuição na frequência cardíaca (braquicardia) ou aumento na frequência cardíaca (taquicardia),
  • incontinência urinária
  • cão fica em estado arfante

 

A cafeína –

O nível de cafeína também irá variar com relação a dose e o tipo de chocolate ingerido, ela atua no organismo do cachorro estimulando diretamente o músculo cardíaco e atua no sistema nervoso central, potencializando o efeito da teobromina.

 

Os sintomas da ingestão do chocolate causados pela cafeína são:  

  • aumento na frequência cardíaca (taquicardia)
  • aumento do número de incursões respiratórias
  • excitação
  • tremores e possivelmente convulsões

 

Sintomas gerais pela ingestão de chocolate

 

  • vômito
  • diarreia
  • beber muito mais água que o normal e urinar mais
  • enjoos
  • arritmias cardíacas
  • incontinência urinária
  • em casos mais graves:  hemorragia intestinal
  • aumento da temperatura do corpo podendo levar ao coma e à morte

 

Diagnóstico da ingestão de chocolate

 

O veterinário provavelmente irá realizar um exame físico completo, incluindo um exame de sangue, e exame de urina, podendo assim determinar se existe uma dose elevada de substâncias tóxicas no organismo do cachorro.

O exame de sangue irá medir a concentração de teobromina e também poderá ser solicitado um Eco Cardiograma para determinar se o coração apresenta alguma irregularidade.

 

Tratamento para ingestão de chocolate

É importante ter em mente que não existe nenhum antídoto para intoxicação causada pela teobromina por isso a prevenção ainda é a melhor saída. No entanto se você tem um cachorro que apresenta alguns destes sintomas descritos neste artigo é necessário que você leve-o ao veterinário com a maior urgência possível, para fazer exames e verificar qual o grau de intoxicação. Em caso de ingestão recente, o veterinário poderá induzir o cachorro a vomitar e em segunda opção, realizar uma “lavagem estomacal”. O veterinário realizará um tratamento de suporte minimizando os sintomas e possivelmente salvando a vida de seu cachorro. Por isso é necessário o atendimento de emergência com a maior rapidez possível.


  • Feliz Dia do Amigo!!! Diadoamigo bff friends Ilovepets
  • O Centro Veterinrio Pacaembu  completo para o seu pet!hellip
  • Campanha Solidria do Centro Veterinrio Pacaembu! RESGATE um animal ehellip
  • A sade odontolgica do seu pet  preciosa! Agende umahellip
  • Campanha Solidria do Centro Veterinrio Pacaembu! RESGATE um animal ehellip
  • Primeira tosa do Tobias! Quer o seu pet lindo ehellip
  • Conte com o Centro Veterinrio Pacaembu para manter a sadehellip
  • Quantas vezes por dia devemos alimentar nossos animais? O idealhellip
  • O Centro Veterinrio Pacaembu est com uma novidade para ahellip